O CsF, ou Ciências sem Fronteiras é um programa de educação incentivado pelo Governo federal que busca incentivar a formação de profissionais no ensino superior, e busca promover a transferência de tecnologias e de informação para o país, tentando suprir a demanda do mercado nacional por profissionais capacitados.

Ciência sem Fronteiras

Ciência sem Fronteiras

O Ciência sem fronteiras é fruto de uma parceria entre os Ministério da Educação, da Ciência e Tecnologia, da CAPES e do CNPq. O programa promove e estimula que os alunos da rede superior de ensino façam intercâmbios de conhecimento, para trazer conhecimento e formação para o país.

Metas do Ciência sem Fronteiras

O programa busca facilitar a ida de estudantes brasileiros do ensino superior, seja em cursos de graduação ou pós-graduação, em intercâmbios internacionais a uma série de instituições de ensino espelhadas pelo mundo todo, para promover a formação de profissionais de ponta para atuar no Brasil.

As bolsas de estudo disponibilizada são para estudantes de graduação que desejem estudar no exterior ou estagiar, para alunos da pós graduação e mesmo de doutorado, no chamado doutorado-sanduíche, em que o contemplado tem a oportunidade de desenvolver parte de seu estudo no exterior.

O programa busca facilitar o contato entre os estudantes do ensino superior às tecnologias e técnicas disponíveis em outros países em suas áreas de atuação. Esse intercâmbio é feito para uma série de instituições de ensino internacionais de renome, que oferecem inovação e competitividade nas áreas de atuação dos profissionais. Ao mesmo tempo, o programa também abre as portas das instituições de ensino nacionais para permitir a troca de experiências com Intercambistas internacionais que desejem estudar no Brasil.

Quem pode participar

Existe uma série de requisitos solicitados pelo Ministério da educação para fazer a inscrição no Programa Ciência sem Fronteiras, dentre as quais destaca-se:

  • O candidato precisa necessariamente ser brasileiro ou naturalizado para participar do programa;
  • Ele tem de estar matriculado em uma instituição de ensino superior que seja vinculada ao programa Ciência sem Fronteiras;
  • Para candidatos a intercâmbio na Graduação, é necessário que tenham feito pelo menos 600 pontos no ENEM a partir de 2009;
  • Precisam ter cursado pelo menos 20% ou no máximo 90% do curso de Graduação;
  • Além disso, seu desempenho acadêmico precisa ser considerado bom.

Para participar de outras etapas do programa, como a pós graduação ou o doutorado, as condições podem ser mais rígidas, como ser proficiente na língua do país de destino. Entretanto em outras modalidades de ensino no exterior, como o Programa Idiomas sem Fronteiras, a proficiência no idioma pode não ser um problema, já que este atua justamente no ensino do idioma através do intercâmbio internacional.

Áreas de ensino contempladas

O Programa Ciências sem Fronteias atua em diferentes níveis de formação do ensino superior, justamente para contemplar um amplo espectro de possíveis candidatos. Portanto, as áreas de ensino que o CsF promove são:

  • Graduação;
  • Tecnólogo;
  • Desenvolvimento Tecnológico;
  • Doutorado Sanduiche;
  • Doutorado Pleno;
  • Pós-Doutorado;
  • Mestrado Profissional;

O programa beneficia também uma ampla gama de áreas de estudo, nas Ciências Exatas, Saúde, Química, Biologia e ecologia, que incluem:

  • Biodiversidade e Bioprospecção;
  • Biologia e Saúde;
  • Biotecnologia;
  • Ciências do Mar;
  • Ciências Exatas e da Terra;
  • Computação e Tecnologias da Informação;
  • Energias Renováveis;
  • Engenharia;
  • Fármacos;
  • Fontes energéticas;
  • Formação de Tecnólogos;
  • Indústria Criativa;
  • Nanotecnologia e Novos Materiais;
  • Produção Agrícola Sustentável;
  • Tecnologia Aeroespacial;
  • Tecnologia Mineral;
  • Prevenção de Desastres Naturais;

Os benefícios ofertados pelo programa incluem o pagamento da mensalidade da bolsa na instituição de ensino internacional, o Auxílio para instalação e para compra de material didático, as passagens aéreas e o Seguro Saúde para os estudantes.

A bolsa tem duração de 12 meses no exterior, sendo possível estudar por até 18 meses, no caso de estudar conjuntamente curso de idioma.

CONTINUE LENDO

Deixe seu comentário!

2 responses to “Ciências sem fronteiras”

  1. Mauro Araujo says:

    Como se faz para se inscrever?

  2. simone says:

    Gostaria de saber se o este programa abrange o curso de Direito da USP

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *